Rebecca e Drussyla garantiram o quarto trunfo da dupla nas areias de Halifax, no Canadá, e chegaram às quartas de final


 O terceiro dia de jogos do Campeonato Mundial Sub-21 de Vôlei de Praia foi de mais vitórias para o Brasil. Nesta SEXTA-FEIRA (31.08), Rebecca e Drussyla garantiram o quarto trunfo da dupla nas areias de Halifax, no Canadá, e chegaram às quartas de final da competição. Marcus e Guto, que venceram seus dois primeiros na 12ª edição do torneio, estão nas quartas.

Líderes do Grupo G na primeira fase, Rebecca e Drussyla iniciaram o dia nas oitavas. A dupla brasileira confirmou o favoritismo e derrotou as polonesas Katarzyna Kociolek e Jagoda Gruszczynska por 2 sets a 0, parciais de 21/16 e 21/18.

A dupla brasileira volta à quadra no SÁBADO (01.09) para enfrentar a dupla canadenses formada por Melissa Humana-Paredes, atual vice-campeã mundial da categoria, e Taylor Pischke. Se superarem a equipe da casa, as brasileiras disputarão um lugar na decisão do torneio com a dupla vencedora da partida entre Mariafe Artacho/Taligua Clancy, da Austríalia, e Christine Aulenbrock/Kim Behrens, da Alemanha, também no sábado.

As outras quatro duplas que seguem vivas no torneio feminino são Summer Ross/Sara Hughes, dos Estados Unidos, Sandra Seyfferth/Anika Krebs, da Alemanha, Nina Betschart/Anouk Vergé-Depré, da Suíça, e Ksenia Dabizha/Ekaterina Karapischenko, da Rússia.


O Brasil tem grande tradição no Campeonato Mundial Sub-21 de vôlei de praia e soma nove títulos na competição. No masculino, foram três conquistas: em 2001, com Pedro Cunha/Anselmo, em 2003, com Pedro Cunha/Pedro Solberg, e em 2006, com Pedro Solberg/Bruno Schmidt. 
No feminino, foram seis conquistas: em 2001, com Maria Clara/Shaylyn, em 2002, com Juliana/Taiana, em 2004, com Carolina/Taiana, em 2005, com Carolina/Camillinha, em 2006, com Carol Aragão/Bárbara Seixas, e em 2007, com Lili/Bárbara Seixas.



Técnico Pernambucano participa do I Encontro de Técnicos Formadores do Brasil



O técnico  pernambucano Carlos Freitas, o Carlão, é um dos 38 técnicos que está em Saquarema  a convite da CBV para participar o I Encontro de Técnicos Formadores do Brasil. Este projeto visa capacitar treinadores para que os mesmos possam desenvolver atletas dentro de um parâmetro em que possam ser convocados para as seleções nacionais. 

Cada um desses técnicos de referência levará para seus estados todo o conhecimento, para compartilhar com outros profissionais e disseminar o voleibol. Em novembro, acontecerá o II Encontro, quando eles voltarão aqui para Saquarema e discutirão toda a experiência que assimilaram. Será uma troca bem interessante”,  omentou Antonio Rizola, gerente de Seleções da CBV e um dos organizadores do Encontro. 

Lembrando que a iniciativa do Encontro faz parte do Projeto de Desenvolvimento da Estrutura de Treinamento para Identificação de Talentos (DET/IDT) do Voleibol, e conta com o apoio do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) através do Programa de Solidariedade Olímpica (SO) do Comitê Olímpico Internacional (COI).

No primeiro dia de evento, seguiram-se as palestras de José Inácio, preparador físico da seleção masculina, dissecando a importância da Preparação Física, e Gylton da Matta, que falou sobre a “Tecnologia Virtual na Performance Motora”. Por fim, quem comandou a primeira parte prática do Encontro foi o japonês Imai Nobuhiro, um dos precursores de ensinamento do voleibol no Brasil. Ele conduziu o treinamento de defesa com a seleção infanto juvenil masculina, que treina no Aryzão.


Pernambucana Jaqueline e Murilo participam do programa "De frente com Gabi"


Pernambucana, Jaqueline e Murilo gravaram  quinta-feira (30) o programa “De Frente com Gabi”, comandado pela jornalista Marília Gabriela, no SBT. A entrevista com o casal olímpico está prevista para ir ao ar no dia 12 do próximo mês, à 0h15.   

De olho no Rio 2016, cearense Rebecca forma dupla com Capixaba Lili


A tradição entre duplas do vôlei de praia do Espírito Santo e Ceará sempre garantiu bons resultados para os atletas. E nessa quinta-feira, uma das grandes promessas da nova geração capixaba, Edson Filipe, o Filipão, confirmou parceria com  o experiente Márcio, tornando-se candidato a figurar entre as melhores duplas. Outra dupla que confirmou parceria foi Lili e a cerense Rebecca.
Aos 24 anos, a jogadora capixaba terá uma nova parceira a partir da semana que vem: a promissora cearense Rebecca, de 19 anos. Uma escolha feita já com o objetivo claro de conquistar, primeiro, uma vaga e, depois, uma medalha olímpica daqui a quatro anos. E elas não querem perder tempo. Já estreiam na etapa de abertura do novo Circuito Brasileiro 2012/13, que será realizada em Cuiabá (MT) entre os dias 13 e 16 de setembro. Antes, terão apenas sete dias de treino juntas, algo que nunca fizeram.
- Meu trabalho sempre foi focado nas Olimpíadas. E estou me preparando para isso passo a passo. Eu e Rebecca teremos que construir um time e uma história juntas. Uma coisa em que acredito é no trabalho e na energia positiva que você põe nele. Trabalharemos com foco no pódio. Nossa decisão de jogar juntas já foi visando o Rio 2016. Contamos com o apoio da CBV (Confederação Brasileira de Voleibol), que vem ao meu lado desde quando comecei no centro de treinamento, em Saquarema - revela Lili, de 1,85m.
A capixaba começou no vôlei de praia em 2005, após passagens no vôlei de quadra pelo Álvares Cabral (ES) e pelo Joinville (SC), sendo uma das primeiras participantes do Projeto Renovação da CBV, no Centro de Desenvolvimento do Voleibol, em Saquarema (RJ). Em 2007, foi campeã mundial sub-21, ao lado de Bárbara Seixas. Rebecca trilha caminho parecido e disputa atualmente o Mundial Sub-21, no Canadá, no qual disputará nesse sábado as quartas de final, ao lado de Drussyla, de 16 anos.
Lili e Rebecca treinarão em Fortaleza (CE), sob comando do técnico Elmer Calvis, o mesmo que treinava Lili e sua antiga parceira Ângela (DF), de 31 anos, com quem Lili jogou até julho passado. Nas duas etapas mais recentes do Circuito Mundial, na Polônia e na Finlândia (que termina no próximo domingo), a capixaba formou dupla provisioriamente com Maria Clara - elas buscam uma vaga na semifinal neste sábado. Tudo para não perder tempo, para se manter na ativa no cenário internacional.

*Globo Esporte

CBV realiza o I Encontro de Técnicos Formadores

A Confederação Brasileira de Voleibol, mais uma vez, dá o saque inicial de um projeto inovador. Entre os dias 31 de agosto e 2 de setembro, a CBV realizará o I Encontro de Técnicos Formadores, no Aryzão, o Centro de Desenvolvimento do Voleibol, em Saquarema, no Rio de Janeiro (RJ).

A iniciativa faz parte do Projeto de Desenvolvimento da Estrutura de Treinamento para Identificação de Talentos (DET/IDT) do Voleibol, e conta com o apoio do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) através do Programa de Solidariedade Olímpica (SO) do Comitê Olímpico Internacional (COI).


“Esse projeto é um marco no nosso processo de desenvolvimento de técnicos que trabalham na formação do atleta. Nós os chamamos de técnicos de referência. Esta é a terceira etapa de um projeto que começou no início deste ano. Na primeira, trouxemos treinadores para participar das avaliações das seleções de base. Todos ficaram pelo menos 10 dias em Saquarema, de janeiro a março”, afirmou Antonio Rizola, gerente de seleções da CBV.


“Na segunda etapa, em abril e maio, nossas comissões técnicas foram aos estados fazer avaliações com atletas em todas as regiões do país, e os técnicos de referência locais participaram. Fizeram treinamentos para poderem compartilhar essas informações e conhecimento com outros técnicos de suas regiões”, completou Rizola. As Federações apoiaram na sua totalidade as atividades.


Nesta próxima etapa do processo, os treinadores acompanharão diversas palestras, sobre os mais variados assuntos relacionados ao voleibol, e ainda serão submetidos a uma aulas práticas, com uma das seleções que estão em fase de treinamentos no CDV-Saquarema.
“Nesta fase, esses mesmos técnicos ficarão concentrados três dias em Saquarema para uma série de palestras com profissionais do mais alto gabarito, de diversos segmentos. Além disso, a seleção infanto juvenil masculina servirá como equipe de observação, sendo treinada por esse grupo de técnicos de referência”, disse Rizola.


Com o objetivo de alcançar um número maior de técnicos de todo o país, a CBV disponibilizará a transmissão ao vivo do evento pela internet. Os profissionais interessados em participar precisam enviar um e-mail para selecoes@volei.org.br até esta QUINTA-FEIRA (30.08), para receber login e senha, tendo livre acesso ao conteúdo.


PROGRAMAÇÃO:
Sexta-feira, 31 de agosto10h – Abertura10h30 – Palestra “Projeto de Técnicos de Referência de Voleibol” – Antonio Rizola Neto11h15 – Palestra “Busca de Projetos Incentivados” – Vitório Moraes (COB)14h – Palestra “Importância dos Campeonatos Brasileiros de Seleções no processo de formação” – Renato D’Ávila14h45 – Palestra “Preparação Física” – José Inácio16h45 – Palestra “Tecnologia Virtual na Performance Motora” – Gylton da Matta17h45 – Palestra “Treinamento de Defesa” – Imai Nobuhiro21h – MESA REDONDA – Prof. Célio Cordeiro, Imai Nobuhiro, José Inácio e Gylton da Matta
Sábado, 1º de setembro8h30 – Palestra “Treinamento Mental” – Gylton da Matta9h45 – Palestra “Gestão de Projetos” – William Martins e Jacqueline Godoy11h – Palestra “Treinamento Técnico - Bloqueio” – Ruberley Leonaldo14h – Palestra “Prevenção no Esporte” – Alexandre Bachur15h15 – Palestra “Treinamento Técnico - Domínio e Controle de Bola” – Percy Oncken17h – Palestra “Treinamento Técnico - Recepção e Saque” – Imai Nobuhiro19h45 – Palestra “Treinamento Tático” – Gylton da Matta21h – DEBATE TÉCNICO – Paulo Márcio, Percy Oncken, Imai Nobuhiro e Ruberley Leonaldo
Domingo, 2 de setembro8h – Palestra “Treinamento Tático” – Percy Oncken9h45 – Palestra “Treinamento Psicológico” – Antonio Serenini11h – ENCERRAMENTO – Projeto - Próximos Passos

MUNDIAL SUB-21: Brasileiras vencem duas e vão à segunda fase em Halifax

O Brasil não poderia ter tido um início melhor no Campeonato Mundial Sub-21 de Vôlei de Praia. Nesta QUARTA-FEIRA (29.08), dia em que só as duplas femininas foram à quadra em Halifax, no Canadá, Rebecca e Drussyla venceram os dois primeiros jogos na competição e garantiram vaga na segunda fase com uma rodada de antecipação. Marcus e Guto estreiam no torneio masculino nesta QUINTA-FEIRA (30.08).

Comandadas pela campeã olímpica Jackie Silva, Rebecca, de 19 anos, e Drussyla, de 16, tiveram uma estreia tranquila nas areias canadenses. Na primeira rodada do Grupo G, a dupla superou as norte-americanas Kirby Burnham e Jace Pardon por 2 sets a 0, parciais de 21/11 e 21/19.

Duas horas após o fim da primeira partida, as brasileiras voltaram à quadra para enfrentar as alemãs Sandra Seyfferth e Anika Krebs. Depois de saírem perdendo, as brasileiras reagiram e venceram as europeias por 2 sets a 1 (19/21, 21/11 e 15/9).

Única dupla do Grupo G com duas vitórias, Rebecca/Drussyla encerrou o primeiro dia de competições em Halifax com a vaga garantida na segunda fase. A dupla brasileira tentará confirmar a primeira posição do grupo na terceira e última partida da fase de grupos, nesta quinta, contra Bakhtygul Samalikova e Lyubov Bogatu, do Cazaquistão, para avançar diretamente às oitavas de final.

O torneio maculino começa nesta quinta, quando a dupla Marcus/Guto, atual campeã brasileira Sub-21, realizará seus dois primeiros jogos em Halifax. A parceria masculina do Brasil é comandada pelo técnico Marcos Antônio Albuquerque, o Marcão.

Além dos atletas e dos treinadores, também estão em Halifax os assistentes Julio Kunz, do feminino, e Wallace Ramos, do masculino, além do fisioterapeuta Marco Antônio e do supervisor Jorge Barros, o Jorjão.

O Campeonato Mundial Sub-21 de 2012 é disputado por 32 duplas em cada naipe. Na primeira fase, as equipes são divididas em oito chaves. Os líderes de cada grupo avançam diretamente às oitavas de final, enquanto o segundo e o terceiro colocados terão passar por uma rodada extra. Os campeões serão conhecidos no DOMINGO (02.09).

O Brasil tem grande tradição no Campeonato Mundial Sub-21 de vôlei de praia e soma nove títulos na competição. No masculino, foram três conquistas: em 2001, com Pedro Cunha/Anselmo, em 2003, com Pedro Cunha/Pedro Solberg, e em 2006, com Pedro Solberg/Bruno Schmidt. 

No feminino, foram seis conquistas: em 2001, com Maria Clara/Shaylyn, em 2002, com Juliana/Taiana, em 2004, com Carolina/Taiana, em 2005, com Carolina/Camillinha, em 2006, com Carol Aragão/Bárbara Seixas, e em 2007, com Lili/Bárbara Seixas.

Semana de jogos no Campeonato Pernambucano Infanto-juvenil

Esta semana será repleto de jogos na categoria infanto em Pernambuco. Os jogos tem ínicio a partir de SEGUNDA-FEIRA com a programação dos torneios do 2º GP do Campeonato Pernambucano Infanto-juvenil tanto no masculino, quanto no feminino. No feminino, Sport, Contato, Santa Cruz/CBV e Nautico/Carochinha entrarão em quadra, brigando pela liderança da competição. Os jogos serão realizados no Sport, sede desta etapa, com início previsto para as 19:00h. Já no masculino, o Nautico/CBV será o sediante e mandará seus jogos no ginásio do Colégio Boa Viagem(CBV). Além da equipe alvirrubra, Sport e Santa Cruz/BJ estarão na briga. A rodada inicial será na terça com o jogo Sport x S. Cruz/BJ às 20:00h

Beto Pipa e Lipe levam etapa alagoana do Circuito Banco do Brasil Challenger

Do qualifying à consagração do título. Repetindo a trajetória que traçaram há pouco mais de um mês, em Campo Grande (MS), o carioca Beto Pitta e o cearense Lipe conquistaram, neste domingo, o título da quarta e última etapa do Circuito Banco do Brasil Challenger Vôlei de Praia 2012. A dupla subiu ao topo do pódio na arena montada na Praia da Pajuçara, em Maceió, acompanhada dos vice-campeões Franco e Daniel Souza (CE/RJ) e dos terceiros colocados Ícaro e Bernat (PB/RJ).

O título foi o segundo consecutivo conquistado pela dupla na competição nesta temporada. Antes de vencerem as etapas de Campo Grande e Maceió, Beto e Lipe estavam competindo na Europa e, por isso, não participaram das duas primeiras etapas do ano. Na decisão em Maceió, Beto e Lipe derrotaram Franco e Daniel Souza por 2 sets a 1, parciais de 21/17, 25/27 e 15/11.

Assim como em Campo Grande, a dupla iniciou sua trajetória no qualifying e, depois de sete jogos em três dias, ficou com o título.

- O sorteio do qualifying nos colocou com os mesmos cruzamentos e, assim como em Campo Grande, perdemos na primeira rodada. Mas conseguimos nos manter tranquilos, vencemos o segundo jogo com uma boa atuação e jogamos ainda melhor nas quartas, quando tivemos um cruzamento difícil com o Thiago e o Bruno Schmidt. Chegamos mais cansadas que as outras três duplas às semifinais, já que só nós jogamos o qualifying, mas nos superamos para vencer – analisou Beto Pitta.

Exausto após a maratona de jogos, Lipe exaltou a campanha de seu ídolo, o veterano Franco, que segue competindo em alto nível aos 45 anos de idade e chegou à sua 74ª final nas areias do país.

- Jogar contra o meu ídolo é sempre difícil. Ganhei esta final dele, mas estou nesta batalha no circuito nacional graças a ele, que não desistiu de mim nunca. O Franco está de parabéns, aos 45 anos de idade, fazer esta final, sacando e bloqueando - elogiou.

Com o fim do Circuito Banco do Brasil Challenger, as duplas brasileiras se preparam para o início da temporada 2012/2013 do Circuito Banco do Brasil. A principal competição do país começará entre os dias 14 e 16 de setembro, em Cuiabá (MT). A capital mato-grossense receberá a primeira de dez etapas na temporada.


Liga Nacional: Unifor garante terceiro lugar


É da UNIFOR (CE), a terceira colocação da Liga Nacional Masculina de Vôlei 2012. A equipe do Ceará garantiu a presença no pódio da competição derrotando, de virada, o Monte Cristo (GO) por 3 sets a 1 (15/25, 25/20, 27/25 e 25/19) na disputa do terceiro lugar realizada neste SÁBADO (25.08), no ginásio Ivo da Silveira, em Chapecó (SC).

Quarta colocada na etapa classificatória, a equipe do Ceará surpreendeu o terceiro colocado Monte Cristo e terminou a Fase Final da Liga Nacional com três vitórias e três derrotas.
O treinador da UNIFOR, Luiz Marcelo Vieira, comemorou o resultado e a superação da equipe de Ceará ao longo da competição.

“O grupo está de parabéns. Hoje conseguimos jogar bem tanto defensivamente quanto ofensivamente. Tivemos alguns problemas de contusão ao longo da competição e precisamos poupar alguns jogadores. A UNIFOR participa da Liga Nacional desde a primeira edição da competição e essa colocação é muito importante para o nosso grupo”, disse Luiz Marcelo Vieira.

Orgulho dessa equipe que superou muitos desafios até chegar a essa colocação. 
Parabéns time, parabéns ao técnico Luís Marcelo por ter enfrentado todas as dificuldades e formado uma boa equipe e conseguido com muita determinação o terceiro lugar da competição mais democrática do voleibol brasileiro. 
Liga a televisão no Sportv que vai ser transmitido a premiação.

No duelo que é prévia do confronto que decide o terceiro lugar da Liga Nacional masculina 2012, melhor para equipe de Goiás, que venceu nesta SEXTA-FEIRA os cearenses.



No duelo que é prévia do confronto que decide o terceiro lugar da Liga Nacional masculina 2012, melhor para equipe de Goiás, que venceu nesta SEXTA-FEIRA os cearenses.

  A equipe Monte Cristo superou a UNIFOR (CE) por 3 sets a 0 (25/20, 25/12 e 25/20) no segundo jogo da quinta rodada da competição, que acontece no ginásio Ivo da Silveira, em Chapecó (SC).

Com a vitória, o Monte Cristo chegou ao terceiro resultado positivo na etapa classificatória e alcançou a marca de nove pontos. A UNIFOR, que venceu dois de seus cinco jogos em Chapecó, fechou a fase de classificação com seis pontos na quarta posição.

As equipes voltarão a se enfrentar neste SÁBADO (24.08), às 17h, na partida que apontará o terceiro colocado da Liga Nacional Masculina 2012.

 O último dia de disputadas começa às 17h, com o jogo que decide a terceira colocação.

Circuito Challenger de Vôlei de Praia: Paraibano Álvaro Filho e capixaba Luciano brigam por título em Maceió


A dupla formada pelo paraibano Álvaro Filho e pelo capixaba Luciano vai pisar as areias da Praia da Pajuçara, em Maceió, com grandes chances de se sagrar campeã do Circuito Challenger de Vôlei de Praia neste final de semana. A parceria lidera o ranking e só precisa chegar às semifinais para ficar com o título. Além deles, outras duas duplas chegam a esta última etapa do Circuito com chances de título.

Álvaro e Luciano conquistaram dois segundos e um quinto lugar nas três primeiras etapas e somam 960 pontos. Eles têm 80 a mais que Bruno/Hevaldo (AM/CE) e 360 que Ícaro/Bernat (PB/RJ), que ainda estão na briga pelo título.

Álvaro treinou até o início desta semana na Paraíba, mas já viajou para Maceió, onde encontrou o parceiro Luciano para as disputas. Enquanto ainda estava 'em casa', o paraibano fez questão de garantir que, apesar da possibilidade de ser campeã apenas chegando às semis, a dupla vai em busca do título na etapa alagoana.

- Aí não vai ter como discordar da dupla campeã. Então, se ganharmos (em Maceió), vai ser melhor ainda - resumiu Álvaro.
Logo depois do encerramento do Circuito Challenger, que vai desta sexta até domingo, Álvaro e Luciano já focam no Circuito Brasileiro, que vai ter sua primeira etapa entre os dias 13 e 16 de setembro, em Cuiabá, no Mato Grosso.

Entre as mulheres
No feminino, a disputa pelo título do Circuito Challenger está mais acirrada. Seis duplas chegam a Maceió com chance de conquistar o campeonato.

Thati/Érica (PB/MG), que venceu a primeira etapa, e Josi/Thais (SC/RJ), vitoriosa na segunda, dividem a liderança, com 920 pontos cada. As parcerias são as principais favoritas ao primeiro lugar do ranking final, já que dependem apenas de seus resultados.
b hgv com 640 pontos, Naiana/Bruna (CE/PB), com 600, Renata/Elize Maia (RJ/ES), 560, e Luana/Júlia Schmidt (ES), com 520.

*Globo Esporte

Liga Nacional: Unifor vence Placa Esporte Clube


 A UNIFOR (CE) conquistou, nesta QUINTA-FEIRA (23.08), a segunda vitória na Fase Final da Liga Nacional Masculina de Vôlei 2012. A equipe do Ceará superou o Placa Esporte Clube (AP) por 3 sets a 0 (25/14, 25/14 e 25/13), no ginásio Ivo da Silveira, em Chapecó (SC).

Com o segundo resultado positivo em quatro partidas, a equipe da Região Nordeste soma seis pontos no torneio. Já o Placa E.C (AP) perdeu as quatro partidas e ainda não pontuou na competição.

O técnico da UNIFOR, Luiz Marcelo Silva Vieira, elogiou a atuação da equipe do Ceará e vê um crescimento desde o primeiro jogo.

“A equipe está jogando cada vez melhor. O grupo se entrosou ao longo do campeonato. Conseguimos encontrar a equipe ideal e, agora, temos que esperar o resultado da partida entre o Monte Cristo (GO) e o APROV/UNOESC/PMC (SC) para saber se ainda temos chance de título”, explicou o treinador.

Na Fase Final, os seis times se enfrentarão em turno único. Ao final, o terceiro e quarto lugares jogam pela disputa da terceira colocação e as duas equipes de melhor campanha se encaram na briga pelo título. O campeão da Liga Nacional Masculina terá vaga garantida na Superliga Masculina B 2012/2013, desde que preencha os pré-requisitos exigidos para a disputa da competição.

Na quinta e última rodada da etapa classificatória da Fase Final, a UNIFOR jogará contra o Monte Cristo (GO), nesta SEXTA-FERIA (24.08), às 18h. No mesmo dia, às 16h, o Placa E.C. terá um duelo regional contra o Zona Sul E.C (AP).

Liga Nacional: Unifor é superado por equipe de Santa Catarina


APROV/UNOESC/ (SC) chegou a sua terceira vitória na fase final da Liga Nacional ao derrotar a equipe cearense Unifor por 3 sets a 0, parciais de 25/22, 25/21 e 25/18, no ginásio Ivo da Silveira. Com esse resultado, a equipe de Santa Catarina  alcançou nove pontos e segue na frente na classificação, enquanto o time do Ceará  segue com três pontos na competição. Nesta quinta-feira, às 18h,a Unifor tentará sua segunda vitória  contra o  Placa E.C. 

Na Fase Final, os seis times que estão na disputa se enfrentam em turno único. Ao final, o terceiro e quarto lugares jogam pela disputa da terceira colocação e as duas equipes de melhor campanha se encaram na briga pelo título. O campeão da Liga Nacional terá vaga garantida na Superliga B 2012/2013, desde que preencha os pré-requisitos exigidos para a disputa da principal competição entre clubes do país.

 Lailson Costa, Gindson Soares e Marlon Jackson foram às apostas para esta fase. Os levantadores: Renan Amora e Rafael Cartaxo; pontas: Cícero Tavares, Gindson Soares e Jhonathan Queiroz; meios: Werberson Souza, Marlon Jackson e Anderson Josué; opostos: Lailson costa e Gusttavo Lemos; liberos: Juninho lima e Ualisson Igor completam o grupo. 

MUNDIAL SUB-21: Cearense Rebecca embarca para o Canadá nesta quinta


 O Campeonato Mundial Sub-21 de Vôlei de Praia 2012 começa nesta QUINTA-FEIRA (23.08) para o Brasil. Marcus/Guto e Rebecca/Drussyla, duplas que representarão o país na 12ª edição da competição, que será disputada na próxima semana, em Halifax, embarcam nesta quinta, às 11h45, rumo à cidade canadense.

A estreia das duplas brasileiras será na próxima QUARTA-FEIRA (29.08). O torneio, que terá 32 duplas em cada naipe disputando os títulos masculino e feminino, será encerrado no DOMINGO (02.09).

Além das duplas, também viajarão para o Canadá Jackie Silva e Julio Kunz, técnica e assistente do feminino, Marcão e Wallace Ramos, treinador e auxiliar do masculino, Marco Antônio, fisioterapeuta, e Jorge Barros, o Jorjão, supervisor das seleções de base do vôlei de praia.

A dupla masculina do Brasil é formada pelos irmãos Marcus, de 20 anos, e Guto, de 19, atuais campeões brasileiros Sub-21, líderes do ranking nacional desta categoria e também do ranking Sub-23. Enquanto Marcus vai para sua terceira participação em Mundiais de base, tendo conquistado o bronze em 2011, Guto revela sua ansiedade para a competição.

“Acho que ainda não tenho a noção exata da responsabilidade que é disputar este Mundial. Estou muito tranquilo e acho que só vou entrar no clima realmente quando chegarmos ao Canadá. Treinamos duro por quatro meses e estamos prontos para dar o nosso melhor. Vai ser um torneio muito especial porque o nosso pai (o ex-jogador Big) também estará lá como técnico da dupla masculina do Chile”, diz Guto.

No feminino, Rebecca, de 19 anos, e Drussyla, de 16, já defenderam o Brasil em Mundiais, com outras parceiras. As duas, no entanto, só jogaram juntas uma vez, na etapa do Uruguai do Circuito Sul-Americano, em 2012, e conquistaram o ouro.

“Estou me sentindo bem mais tranquila e confiante do que no ano passado. Acho que o resultado tem tudo para ser melhor. Temos confiante por termos ido muito bem na única vez em que jogamos juntas e queremos brigar pelo ouro, mas sabemos que temos que pensar em um jogo de cada vez”, alerta Rebecca, nona colocada no Mundial Sub-21 de 2011.

O Brasil tem grande tradição no Campeonato Mundial Sub-21 de vôlei de praia e soma nove títulos na competição. No masculino, foram três conquistas: em 2001, com Pedro Cunha/Anselmo, em 2003, com Pedro Cunha/Pedro Solberg, e em 2006, com Pedro Solberg/Bruno Schmidt. 

No feminino, foram seis conquistas: em 2001, com Maria Clara/Shaylyn, em 2002, com Juliana/Taiana, em 2004, com Carolina/Taiana, em 2005, com Carolina/Camillinha, em 2006, com Carol Aragão/Bárbara Seixas, e em 2007, com Lili/Bárbara Seixa

Circuito Sub-23 Banco do Brasil Vôlei de Praia: 4 nordestinos são semifinalistas na etapa de Maceió


 Dia de definições na quinta etapa do Circuito Sub-23 Banco do Brasil Vôlei de Praia. Nesta QUINTA-FEIRA (23.08), serão conhecidas as duplas campeãs da penúltima etapa do ano, que acontece na arena montada na Praia da Pajuçara, em Maceió (AL). Com o fim da fase classificatória, quatro duplas em cada naipe seguem na disputa pelos títulos na capital alagoana.


Alagoana Sandressa,
Entre os semifinalistas, uma atleta da casa: a alagoana Sandressa, que, ao lado da parceira carioca Fernanda Nunes classificou-se às semifinais. A dupla jogará contra as cariocas Carol Pereira e Patrícia Wink, às 9h. No mesmo horário, as duplas Thais/Julia Schmidt (RJ/ES) e Mayara/Gabby Baeta (CE/RJ) disputarão a outra vaga na decisão. A final e a disputa do terceiro lugar estão marcadas para as 11h.

No masculino, os dois duelos das semifinais terão início às 10h. O primeiro confronto será entre Léo Vieira/Anderson Melo (DF/RJ), que derrotou Luccas/Mateus Silva (SP/CE) por 2 a 0 nas quartas, e Léo Morais/Eduardo Rocha (PB/RJ), que passou por Victor Palis/Branco (RJ) também em dois sets.

Na outra partida, medirão forças JP/Carlos Luciano (RJ), que eliminou Renan Gustavo/Nilton (RO), e Jô/Ramon (PB/RJ), que venceu a disputa com Maykon/Erick (MS) nas quartas. A decisão e a disputa pelo bronze no masculino serão às 12h.

A etapa alagoana é a quinta da temporada 2012. Em João Pessoa (PB), Haissa e Júlia Schmidt (PR/ES) foram as campeãs no feminino, com Carlos Luciano/Márcio Gaudie (RJ) vencendo o masculino. Na segunda etapa, em Aracaju (SE), os títulos foram de Rebecca/Carolina Horta (CE) e JP/Carlos Luciano (RJ). Depois, em São Luis (MA), as duplas campeãs foram Rebecca/Carolina Horta (CE) e Marcus/Guto (RJ). Na quarta etapa, em Campo Grande (MS), as duplas Haissa/Marcella (PR/ES) e Marcus/Guto (RJ) ficaram em primeiro lugar.

Depois de Maceió, o Rio de Janeiro (RJ) será a última cidade no país a receber a competição. As disputas da etapa de encerramento da temporada acontecerão entre os dias 26 e 29 de novembro.

CIRCUITO SUB-23 BANCO DO BRASIL: Definidos os últimos classificados em Maceió -


Quatro jogos realizados nesta TERÇA-FEIRA (21.08) deram início à quinta etapa do Circuito Sub-23 Banco do Brasil Vôlei de Praia, em Maceió (AL). Na arena montada na Praia da Pajuçara, quatro duplas masculinas passaram pelo qualifying e garantiram sequência na penúltima etapa da temporada. As disputas prosseguem nesta QUARTA-FEIRA (22.08), a partir das 8h.

No primeiro jogo do qualifying, os cariocas Victor Palis e Branco superaram os locais Daniel e James por 2 sets a 0. Na sequência, também em dois sets, Léo Morais e Eduardo Rocha (PB/RJ) passaram pelos baianos Neto e Nélio. A terceira vaga ficou com os rondonienses Renan Gustavo e Nilton, que bateram os sergipanos Alvinho e Linker. No jogo mais equilibrado do dia, Raul e Artur, também do Segipe, derrotaram os paraibanos Felipe Von e Renato Evangelista por 2 a 1 e também avançaram.

As parcerias classificadas se juntarão a JP/Carlos Luciano (RJ), Léo Vieira/Anderson Melo (DF/RJ), Jô/Ramon (PB/RJ), Fernando Santos/Álvaro Andrade (PR/SE), Luccas Lima/Mateus Silva (SP/CE), Pedro/Renan (ES), Maykon/Erick (MS) e Neto/Thiago Rodrigo (AL).

No feminino, serão 10 duplas na disputa, todas asseguradas na fase principal: Thais/Júlia Schmidt (RJ/ES), Patrícia Wink/Carol Pereira (RJ), Sandressa/Fernanda Nunes (AL/RJ), Mayara/Gabby Baeta (CE/RJ), Bárbara/Ingrid (PB/RJ), Jéssica/Thamara (AL/BA), Fabrine/Polyana (BA/SE), Maíra/Jaine (AL), India/Karyne (PA/AP) e Juliana Simões/Carolina Horta (PR/CE).

A etapa alagoana é a quinta da temporada 2012. Em João Pessoa (PB), Haissa e Júlia Schmidt (PR/ES) foram as campeãs no feminino, com Carlos Luciano/Márcio Gaudie (RJ) vencendo o masculino. Na segunda etapa, em Aracaju (SE), os títulos foram de Rebecca/Carolina Horta (CE) e JP/Carlos Luciano (RJ). Depois, em São Luis (MA), as duplas campeãs foram Rebecca/Carolina Horta (CE) e Marcus/Guto (RJ). Na quarta etapa, em Campo Grande (MS), as duplas Haissa/Marcella (PR/ES) e Marcus/Guto (RJ) ficaram em primeiro lugar.

Depois de Maceió, o Rio de Janeiro (RJ) será a última cidade no país a receber a competição. As disputas da etapa de encerramento da temporada acontecerão entre os dias 26 e 29 de novembro

Liga Nacional: Escola do Corpo supera a Unifor na segunda rodada


A Unifor (CE) perdeu nesta TERÇA-FEIRA (21.08), na segunda rodada da  Fase Final da Liga Nacional masculina  de Vôlei 2012. A equipe cearense  teve  dificuldade ao encarar o time Escola do Corpo, sendo superado por 3 sets a 0, parciais de  ‎25x15/25x21/25x17.

Vale ressaltar que a  equipe paulista, favorita ao título por seu desempenho em competições no estado, tem uma boa estrutura e  treina a mais tempo  que a Unifor . Agora é hora    de estudar os erros e  ir em busca de vitórias. Com este resultado a Escola do Corpo soma 6 pontos. A Unifor permanece com os 3 conquistados na rodada anterior.
.
Na Fase Final, os seis times que estão na disputa se enfrentam em turno único. Ao final, o terceiro e quarto lugares jogam pela disputa da terceira colocação e as duas equipes de melhor campanha se encaram na briga pelo título. O campeão da Liga Nacional terá vaga garantida na Superliga B 2012/2013, desde que preencha os pré-requisitos exigidos para a disputa da principal competição entre clubes do país.


 Lailson Costa, Gindson Soares e Marlon Jackson foram às apostas para esta fase. Os levantadores: Renan Amora e Rafael Cartaxo; pontas: Cícero Tavares, Gindson Soares e Jhonathan Queiroz; meios: Werberson Souza, Marlon Jackson e Anderson Josué; opostos: Lailson costa e Gusttavo Lemos; liberos: Juninho lima e Ualisson Igor completam o grupo. 






CIRCUITO BANCO DO BRASIL CHALLENGER: Maceió fecha a temporada 2012


Um dos mais tradicionais e belos cenários das disputas do vôlei de praia brasileiro, a Praia da Pajuçara, em Maceió (AL), recebe, neste final de semana, pela primeira vez, uma etapa do Circuito Banco do Brasil Challenger. A quarta e última etapa da temporada será disputada na capital alagoana entre SEXTA-FEIRA (24.08) e DOMINGO (26.08), com entrada gratuita ao público.
A cidade de Maceió tem grande tradição no vôlei de praia nacional. A capital alagoana esteve presente no calendário do Circuito Banco do Brasil, principal competição do país, em 18 temporadas.
Neste ano a cidade é palco do Circuito Banco do Brasil Challenger, competição que acontece em paralelo ao Circuito Mundial, principal torneio internacional anual da modalidade. Os campeões do Circuito Banco do Brasil Challenger 2012 serão definidos em Maceió.
A competição terá início na sexta, com o qualifying, que classificará quatro duplas em cada naipe para a fase principal da competição. O qualifying contará com 24 duplas masculinas e 18 parcerias femininas.
No SÁBADO (25.08), as doze duplas masculinas asseguradas na fase principal disputarão a primeira fase, em sistema de grupos, e a rodada das quartas de final. No feminino, o torneio será realizado em sistema de dupla eliminatória e contará com 10 parcerias. Os campeões serão conhecidos no domingo.
Todos os jogos disputados na quadra central serão transmitidos ao vivo pelo site da Confederação Brasileira de Voleibol, no linkhttp://www.cbv.com.br/v1/cbbvp/aovivo.asp . Usuários de Iphones, Ipads e Ipods poderão acompanhar a competição através do aplicativo da CBV, disponível para download no link http://www.cbv.com.br/v1/cbbvp/app.asp
A etapa alagoana é a quarta e última da temporada 2012. Na primeira, disputada em Aracaju (SE), em maio, Thati/Érica Freitas (PB/MG) e Benjamin/Bruno Schmidt (MS/DF) foram as duplas campeãs. Em São Luis, no mês de junho, Josi/Thais (SC/RJ) e Benjamin/Bruno Schmidt garantiram os títulos. Em julho, foi a vez das duplas Andrezza/Chell (AM/DF) e Beto Pitta/Lipe (RJ/CE) subir ao topo do pódio, em Campo Grande (MS).

Liga Nacional: Unifor estreia com Vitória na fase final


A Unifor (CE) conquistou, nesta SEGUNDA-FEIRA(20.08), sua primeira vitória na Fase Final da Liga Nacional masculina  de Vôlei 2012. A equipe cearense não teve  dificuldade para vencer o Zona Esporte Clube, equipe do Amapá.

Com um bom desempenho na primeira rodada, a equipe universitária, venceu por 3 sets a 0, parciais de (25/21. 25/16. 25/16) os amapaenses. Com a primeira vitória os nordestinos somam seus primeiros 3 pontos no torneio.

O técnico cearense comentou sobre o jogo: “A equipe entrou na partida um pouco desentrosada. Sentimos os desfalques de três jogadores que não vieram para essa Fase Final. Vamos buscar um melhor entrosamento com a sequência de jogos. O nosso objetivo continua sendo a classificação para a Superliga B”, disse Luiz Marcelo.

Na Fase Final, os seis times que estão na disputa se enfrentam em turno único. Ao final, o terceiro e quarto lugares jogam pela disputa da terceira colocação e as duas equipes de melhor campanha se encaram na briga pelo título. O campeão da Liga Nacional terá vaga garantida na Superliga B 2012/2013, desde que preencha os pré-requisitos exigidos para a disputa da principal competição entre clubes do país.

 Lailson Costa, Gindson Soares e Marlon Jackson foram às apostas para esta fase. Os levantadores: Renan Amora e Rafael Cartaxo; pontas: Cícero Tavares, Gindson Soares e Jhonathan Queiroz; meios: Werberson Souza, Marlon Jackson e Anderson Josué; opostos: Lailson costa e Gusttavo Lemos; liberos: Juninho lima e Ualisson Igor completam o grupo. 

Liga Nacional Masculina: Unifor busca título em Chapecó


Liga Nacional: Unifor fica com quarta colocação


É da ADC-Bradesco (SP) a terceira colocação da Liga Nacional Feminina de Vôlei 2012. A equipe de Osasco (SP) garantiu presença no pódio da 11ª edição da competição derrotando a Unifor (CE) por 3 sets a 0 (25/21, 25/20 e 25/12) na disputa de terceiro lugar realiada neste SÁBADO (18.08), na Arena Multiuso, em Brusque (SC).


A oposto Nike, de 19 anos, que participou da Liga Nacional pela primeira vez, exaltou a boa campanha da Unifor, mas lamentou a queda de rendimento da equipe no terceiro set.
“Mesmo não sendo o resultado que a gente queria, a quarta colocação significa muito para a equipe. É a melhor colocação que a Unifor já teve na Liga Nacional. Isso mostra que o trabalho está crescendo. Temos que tentar seguir melhorando e fazer uma participação ainda melhor no ano que vem. Só lamento o time ter perdido a motivação no terceiro set deste jogo”, comenta a atacante.

A equipe cearense terminou a competição em quinto lugar, à frente do Ferroviário (RO), quinto colocado, e da AABB/DF (DF), que ficou em sexto.

CIRCUITO MUNDIAL: Juliana e Larissa vencem na Polônia e assumem a ponta do ranking mundial

As brasileiras Juliana e Larissa conquistaram, neste SÁBADO (18.08), um título com sabor especial no Circuito Mundial de Vôlei de Praia 2012. Com a vitória por 2 sets a 0 (21/16 e 22/20) sobre as italianas Greta Cicolari e Marta Menegatti na decisão, as medalhistas olímpicas garantiram o título do Grand Slam de Stare Jablonki, na Polônia, e assumiram a liderança do ranking mundial a duas etapas do encerramento da temporada. As alemãs Holtwick e Semmler ficaram com o terceiro lugar.


O título do Grand Slam polonês, o último de 2012, foi o terceiro da dupla na temporada do Circuito Mundial. As brasileiras subiram ao topo do pódio também nos Grand Slams de Pequim, na China, e Berlim, na Alemanha. Em números absolutos, é o 45º título da parceria na competição internacional.
Buscando o heptacampeonato do Circuito Mundial, as brasileiras assumiram a liderança do ranking mundial com a vitória na Polônia. Com os 800 pontos conquistados, as campeãs mundiais acumulam agora 5.280 pontos no ano, quarenta a mais que as chinesas Chen Xue e Zhang Xi, que não disputaram o Grand Slam de Stare Jablonki.


“Conquistar esse Grand Slam foi importantíssimo para nossas pretensões de buscar o sétimo título mundial. Conseguimos assumir a liderança num momento chave da competição. Foi muito cansativo, porque depois da Olimpíada, viajamos para o Brasil e tivemos apenas um dia de descanso antes de vir para a Polônia. Mas valeu muito a pena. Essa é nossa quarta medalha consecutiva aqui e espero voltar para manter essa escrita”, comemora Juliana.
Nas semifinais, Juliana e Larissa derrotaram as alemãs Holtwick e Semmler por 2 sets a 1 (21/17, 14/21 e 15/10), enquanto Cicolari e Menegatti bateram as russas Ukolova e Khomyakova pelo mesmo placar, com parciais de 16/21, 21/19 e 15/9.


“Foi mais uma medalha de ouro bem ao estilo da nossa dupla, com muita raça e superação. Tivemos um jogo complicado contra as alemãs nas semifinais e conseguimos vencer o cansaço para passar pelas italianas. Estamos muito felizes porque demos mais um passo rumo ao nosso grande objetivo que é a conquista do nosso sétimo título mundial”, diz Larissa.


O JOGO
A dupla brasileira começou a partida melhor e logo abriu 4/1 em um bloqueio de Juliana. A vantagem permaneceu até o meio do set, quando um bloqueio de Cicolari e uma largada de Menegatti empataram o placar em 13/13. O Brasil conseguiu abrir novamente em 16/14, com um contra-ataque de Larissa. No fim, as campeãs mundiais marcaram três pontos seguidos e fecharam o set em 21/16, com uma largada de Larissa.


O segundo set foi equilibrado até o meio da parcial. Com dois pontos de saque seguidos, Cicolari fez as italianas abrirem 14/11. Um erro da europeia empatou a partida em 17/17. Pouco depois, um saque curto de Cicolari colocou a Itália perto da vitória em 19/17. Com muita tranquilidade e eficiência, Juliana e Larissa conseguiram o empate em 20/20 após um erro das italianas. No fim, um contra-ataque de Larissa e um erro italiano definiram a vitória brasileira em 22/20.

 
A próxima etapa do calendário feminino do Circuito Mundial acontece na Finlândia, entre os dias 28 de agosto e dois de setembro. O Brasil terá sete times na disputa da penúltima etapa do ano: Juliana/Larissa, Talita/Maria Elisa e Ângela/Lili, garantidas na fase principal, e Taiana/Vivian, Maria Clara/Val, Ágatha/Bárbara Seixas e Renata/Elize Maia, que começarão a competição no country-cota.

Liga Nacional: Unifor disputa neste sábado a terceira colocação


 ADC-Bradesco (SP) chegou à sua terceira vitória na Fase Final da Liga Nacional Feminina de Vôlei 2012. Na noite desta SEXTA-FEIRA (17.08), a equipe de Osasco (SP) superou a Unifor (CE) por 3 sets a 0 (25/16, 25/14 e 25/20) no segundo jogo da quinta rodada da competição, que acontece na Arena Multiuso, em Brusque (SC).

Com a vitória, o ADC-Bradesco chegou ao terceiro resultado positivo na etapa classificatório e alcançou a marca de nove pontos. A Unifor, que venceu um de seus cinco jogos em Brusque, fechou a fase de classificação com cinco pontos.
As equipes voltarão a se enfrentar neste SÁBADO (18.08), às 17h, na partida que apontará o terceiro colocado da Liga Nacional Feminina 2012.

Para a líbero Jessiquinha, do time paulista, apesar da vitória, a equipe não pode se descuidar na disputa de terceiro lugar.
“Vencer este jogo dá uma confiança maior, mas, ao mesmo tempo, não podemos relaxar, porque o time delas é muito guerreiro. Conseguimos diminuir os erros em relação aos últimos jogos e isso foi importante. Nosso saque funcionou bem e, com o bloqueio bem posicionado, conseguimos neutralizar as atacantes do time delas”, diz a defensora.
Treinador da Unifor, Ralciney Barbosa espera sua equipe mais eficiente no saque e na defesa na próxima partida contra as paulistas.

“Este jogo foi importante para vermos de perto a condição da ADC-Bradesco. Como o time tem muitas opções de ataque, é fundamental que consigamos sacar bem e ajustar o nosso sistema defensivo. O time delas é muito forte, mas também é muito jovem, então, se conseguirmos colocá-las sob pressão, pode ser positivo para a nossa equipe”, diz o técnico cearense.

A programação de jogos desta sexta será finalizada com o duelo entre São Caetano (SP) e Abel/FME/Brusque (SC), às 19h30. As equipes voltarão a se enfrentar no sábado, no mesmo horário, na decisão da Liga Nacional Feminina 2012, que terá transmissão ao vivo do canal Sportv.

O campeão da competição terá vaga garantida na Superliga Feminina 2012/2013, desde que preencha os pré-requisitos exigidos para a disputa da principal competição entre clubes do país.

*CBV

Ricardo e Vitor Felipe estão nas oitavas de final no Grand Slam de Stare Jablonki


Ricardo e Vitor Felipe vôlei de praia Polônia (Foto: Divulgação / FIVB)Três duplas brasileiras garantiram presença nas oitavas de final do Grand Slam de Stare Jablonki, etapa polonesa do Circuito Mundial de Vôlei de Praia. Líderes de seus respectivos grupos com 100% de aproveitamento, Thiago/Bruno Schmidt, que vieram do country cota, e Alison/Emanuel avançaram diretamente à oitavas. Ricardo/Vitor Felipe conquistou a vaga na repescagem, fase em que enfrentará os compatriotas campeões mundiais. Márcio e Pedro Solberg abandonaram a etapa devido a uma lesão sofrida pelo carioca.
Com a desistência dos dois, Ricardo e Pedro Cunha e os holandeses Schuil e Nummerdor (que não jogam juntos em Stare Jablonki) e terminam a temporada masculina do Circuito Mundial em terceiro lugar. O título ainda é disputado entre Alison e Emanuel e os americanos Jake Gibb e Sean Rosenthal. Os brasileiros precisam terminar a etapa à frente dos rivais para levarem o título.
Alison e Emanuel confirmaram a liderança do Grupo J com vitória difícil sobre os suíços Heuscher Weingart. Apesar de não terem cedido nenhum set, os campeões mundiais precisaram de 36 minutos para derrubar os rivais por 26/14 e 21/18.

Thiago e Bruno Schmidt também avançaram diretamente às oitavas de final. Vindos do country-cota, os dois garantiram a campanha com 100% de aproveitamento no Grupo L ao derrotarem os noruegueses Skarlund e Spinnangr. Após um primeiro set duríssimo, a dupla passeou na segunda etapa para fechar em 28/26 e 21/18.

 Márcio e Pedro Solberg vôlei de praia polônia (Foto: Divulgação / FIVB)

Na mesma chave, Márcio e Pedro Solberg se despediram da competição por desistência. Após perderem na estreia para os compatriotas, os dois não entraram em quadra contra os noruegueses devido a uma lesão no pé esquerdo de Solberg. O carioca não se recuperou a tempo de enfrentar os italianos Tomatis e Casadei, e a parceria foi eliminada. Com isso, os dois deram adeus também à chance de figurar no pódio da temporada do Circuito Mundial. Para tomarem a terceira colocação de Ricardo e Pedro Cunha, era preciso terminar em no mínimo em quinto lugar nesta etapa.

Ricardo e Vitor Felipe, que jogam juntos pela primeira vez em Stare Jablonki, sofreram o primeiro revés nesta sexta-feira. Pelo Grupo O, o baiano e o paraibano venceram o primeiro set diante os americanos Fuerbringer e Lucena, mas cederam a virada: 19/21, 21/15 e 15/7. Na repescagem, os dois levaram quase uma hora para superar os ucranianos Popov e Samoday por 2 sets a 1, parciais de 21/16, 16/21 e 19/17. Na próxima fase, os dois enfrentarão Alison e Emanuel.


*Globo Esporte

Liga Nacional: Unifor perde para o Ferroviário na quarta rodada


O Ferroviário (RO) conquistou, nesta QUINTA-FEIRA (16.08), sua primeira vitória na Fase Final da Liga Nacional Feminina de Vôlei 2012. A equipe rondoniense saiu atrás, mas reagiu e superou a Unifor (CE) por 3 sets a 2 (22/25, 25/16, 23/25, 25/21 e 15/10) na abertura da quarta rodada. A partida foi disputada na Arena Multiuso, em Brusque (SC).
Com a primeira vitória em quatro partidas, a equipe da Região Norte soma seus primeiro dois pontos no torneio. A Unifor, que tem uma vitória e três derrotas, ganhou mais um ponto e agora chegou a cinco na classificação.

A programação de jogos desta quinta segue com mais duas partidas em Brusque: São Caetano (SP) x AABB/DF (DF), com início marcado para as 17h30, e Abel/FME/Brusque (SC) x ADC-Bradesco (SC), às 19h30.

Na Fase Final, os seis times que estão na disputa se enfrentam em turno único. Ao final, o terceiro e quarto lugares jogam pela disputa da terceira colocação e as duas equipes de melhor campanha se encaram na briga pelo título. O campeão da Liga Nacional Feminina terá vaga garantida na Superliga Feminina 2012/2013, desde que preencha os pré-requisitos exigidos para a disputa da principal competição entre clubes do país.


*CBV